segunda-feira, janeiro 14, 2019

A SCALA em Janeiro de 1994...


Em Janeiro de 1994, estava praticamente preparado o "parto" de mais uma associação em Almada, com a novidade de ser Cultural, de querer interagir com os almadenses, nos campos férteis das Artes e das Letras.

A ideia fermentava em algumas cabeças, há pelo menos uma década (na de Fernando Barão, talvez há mais...). Mas por várias vicissitudes, nunca fora discutida e analisada, como aconteceu ao longo de todo o ano de 1993, com a realização de muitas conversas de café (quase sempre no "Repuxo"), e alguns reuniões, já com um pensamento mais sério, sobre o que se pretendia (embora nunca se saiba bem o que irá acontecer, a recepção que as pessoas têm ao novo...).

O facto de quase todos estes homens estarem (ou terem estado...) ligados a colectividades almadenses, como dirigentes (havia a predominância de duas, Incrível Almadense e Ginásio do Sul, que nós nas comemorações do 20.º aniversário, não tivemos pejo em as referir como a "Mãe" e o "Pai" da SCALA, algo que desenvolveremos noutro texto), fazia com que tivessem a noção, de que a Cultura (pura e dura) não era uma prioridade, em qualquer delas... 

O nome dos 15 fundadores também estava praticamente definido: Fernando Barão, Henrique Mota, Diamantino Lourenço, Abrantes Raposo, Victor Aparício, Arménio Reis, Virgolino Coutinho, Artur Vaz, Jorge Gomes Fernandes, Henrique Costa Mota, João Dias da Cunha, José Luís Tavares, Álvaro Costa, Manuel Lourenço Soares e Gil Antunes.

(Fotografia de Luís Eme)

quinta-feira, janeiro 10, 2019

Um Blogue (ligeiramente) Diferente...


Por deixarmos de fazer parte dos Corpos Gerentes da SCALA, decidimos dar uma nova orientação a este blogue, porque a forma como ele tem funcionado até aqui, deixou de fazer sentido (blogue informativo das actividades desenvolvidas pela Sociedade Cultural), por várias razões. Uma das quais é o facto de não termos acesso a notícias e a imagens, das actividades desenvolvidas pela SCALA. 

Ou seja, este blogue irá explorar, fundamentalmente, a vertente histórica da SCALA, que felizmente tem sido bastante rica ao longo da sua existência. 

Algo que até acaba por fazer algum sentido, se pensarmos que a SCALA cumpre 25 anos de vida em 2019.

Publicamos nesta primeira postagem uma fotografia cheia de história, tirada no primeiro almoço de aniversário da SCALA, realizado em 1995.

Em cima: prof. António Silva Marques; Vasco Gonçalves, Fernando Barão, José Luís Tavares, Artur Vaz, Maria Emília de Sousa (então Presidente do Município de Almada com um papel  na mão, que tem escrito 1.º Aniversário),  Jorge Gomes Fernandes e Arménio Reis. 
Em baixo: Victor Aparício, António Nabais, Abrantes Raposo, Álvaro Costa, Luís Milheiro, Henrique Mota e num plano inferior, Vitor Ferreira. 

[Luís Milheiro]

segunda-feira, setembro 10, 2018

A Inauguração da "3ª Exposição de Poesia Ilustrada da SCALA"...


No passado sábado foi inaugurada a "3ª Exposição de Poesia Ilustrada da SCALA", na nossa sede social e galeria de arte.

Foi o começo das actividades da SCALA após o período de férias.


Como já vem sendo hábito, não apareceu muita gente, apesar da qualidade desta mostra artística, que consegue abraçar a poesia com artes como a pintura e a fotografia.

Sabemos que não basta dizer "melhores dias virão", nem ficar sentado à espera que o tempo passe.


Mesmo que possa parecer um slogan político, sabemos que estes não são tempos de ficarmos parados, nos meios culturais. É preciso agir. É preciso mobilizar. É preciso participar!

(Fotografias de Luís Eme e Alzira Lopes)


sexta-feira, setembro 07, 2018

A Poesia Ilustrada e as Nossas Gentes...


São estes os Scalanos que participam na "3ª Exposição de Poesia Ilustrada da SCALA", que será inaugurada amanhã, às 16 horas, na Sede da SCALA (rua Conde Ferreira - Almada).

Mais uma vez a criatividade não teve limites.

quarta-feira, setembro 05, 2018

É Já no Sábado!


A "3ª Exposição de Poesia Ilustrada da SCALA" é inaugurada no próximo sábado, às 16 horas, na nossa sede /galeria (rua Conde Ferreira - Almada).

Apareçam! Há belas surpresas!

quinta-feira, agosto 02, 2018

Os Três Premiados no Concurso de Quadras Populares de 2018



Estas são as Quadras Populares que conquistaram os três primeiros prémios na edição de 2018 na cerimónia que se realizou no passado dia 14 de Julho, no Convento dos Capuchos, organizada pela Câmara Municipal de Almada e pela SCALA.

1º Prémio

Entre Almada e S. João
Há confiança e magia
Ela dá-lhe o coração
Ele enche-a de alegria

Autor: Teresa Maria Pulquério Antunes

2º Prémio

Fogueira da Confiança
Que aqueces o coração
És a força da aliança
Povo, Almada e S. João

Autor: Maria Carolina Mendes Nobre

3º Prémio

Não há foguetes sem lume
Nem S. João sem noitada
É como amor sem ciúme
E confiança em Almada - 

Autor: António Manuel Gaspar Mateus Xavier

A SCALA dá os parabéns, não só aos premiados, mas sim a todos os participantes, que engrandecem todos os anos esta iniciativa cultural, que valoriza bastante o património almadense.

(Fotografia de Carlos Cardoso)